3ª NOITE – CONGRESSODT: Atos proféticos pela região Nordeste e pelo Brasil encerram o Congresso Adoração e Intercessão DT

0

Em clima de despedida e ansiosos por mais da presença de Deus, os congressistas se reuniram novamente na noite deste sábado (19), no Expominas, em Belo Horizonte, para se despedir do Congresso Internacional Adoração e Intercessão Diante do Trono.

Para dá início ao momento de encerramento do evento, o pastor Gustavo Bessa, ao lado de sua esposa, pastora e líder do Ministério Diante do Trono, Ana Paula Valadão, fez uma oração ao Senhor. “Pai, agradecemos por tudo que fez e ainda fará neste lugar. Que possamos sair, daqui, cheios do Espírito Santo e com sede ainda mais da Tua presença”.

Na sequência, o pastor e músico Atilano Muradas e o grupo de dança da Igreja Batista da Lagoinha “Dança da Noiva do Avivamento” (DNA) assumiram o palco para realizarem uma apresentação musical com o tema “Região Nordeste”. Depois de Muradas deixar o palco, foi chegada a hora do cantor de forró Felipão também fazer sua apresentação.

Além de ministrar suas canções, que animou, contagiou e fez todos os participantes a adorarem ainda mais o Senhor, o cantor compartilhou momentos impactantes de seu ministério. “Não devemos andar segundo a nossa direção e pensamentos, mas temos que andar segundo o Espírito Santo, a voz, a direção, a unção e a graça de Deus. Enquanto andei de acordo com as minhas vontades, o meu relógio e o meu tempo, meu ministério não fluiu”, destacou Felipão.

Posteriormente, Ana Paula solicitou que todos os nordestinos presentes se aproximassem do palco para participarem de um momento de intercessão pela Região Nordeste, que foi conduzido pelo pastor Hudson Medeiros. “Pai derrama o Teu óleo e Teu bálsamo sobre nós. Profetizamos conserto e restauração para todos os estados do nordeste. Que as mulheres saiam das cavernas e dos cativeiros e que os homens saiam do comodismo. Perdoa-nos pelos homens nordestinos que não tem assumido a paternidade de seus filhos. Clamamos por restauração de relacionamentos. Que os pais possam se reconciliar com os filhos. Que a nossa tarefa, aqui, na terra, não seja acumular filhos, mas preparar herdeiros. Perdoa-nos, também, Deus, quando o povo nordestino invoca outros deuses, sendo que somente o Senhor é quem pode nos dá aquilo que precisamos. Que possamos buscar e nos render apenas diante da Tua presença”.

Após, um momento impactante tomou conta do local. O Ministério de Louvor Diante do Trono e o grupo “Rugido do Leão”, ao som de muitos tambores, cantaram as canções “Quem é Deus como o nosso Deus” e a “A Ele a Glória”, o que não deixou ninguém ficar parado. “Não há outro igual a ti, senhor. Antes que eu fale tu já conheces meu clamor; Deus que responde, Deus que vê; Deus de milagres, eu posso crer; No teu poder”, louvaram.

Logo em seguida, Ana Paula convidou José Gomes de Sá, que é mais conhecido como pastor e missionário Neto, para uma ministração. Pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil em São José do Belmonte e coordenador de um campo missionário nos estados do Pernambuco e Ceará, Neto falou sobre a realidade do povo sertanejo e contou “causos” relacionados ao seu ministério, que arrancaram muitas gargalhadas dos congressistas.

“A vida do povo nordestino não é fácil e, por muitas vezes, pensamos em desistir de tudo, mas é o Senhor quem nos capacita e nos dá disposição para permanecermos firmes. Creio que, se estivermos cheios do Espírito Santo de Deus e do Seu amor pelas pessoas, não só conquistaremos o Sertão, mas todo o mundo para o nosso Senhor Jesus Cristo. Irmãos, é muito fácil amarmos as pessoas que nos dão coisas, nos elogiam e falam aquilo que queremos ouvir. Mas, o difícil é amar aqueles que não tem nada para nos oferecer, como é o caso do povo sertanejo. Um dia, o Senhor me disse: `Você quer me servir, filho? Então, ame as pessoas. Ame e ajude o povo sertanejo´”. Na oportunidade, o pastor também orou pelo povo do sertão.

Pastor e missionário Neto falou sobre a realidade do povo sertanejo e contou “causos” do seu ministério

Na sequência, ao som da canções “Rasga os Céus” e “Tetelestai” com autoridade e ousadia, a pastora Ezenete assumiu o palco e iniciou um ato profético pelo Brasil. Simultaneamente, os congressistas também foram convidados a participar da “Ceia do Senhor”. “Pai, nesta hora, em que celebramos a ceia, declaramos que cremos na restauração do Brasil. Que essa nova aliança venha permanecer; consolidar o nosso coração; e que nada venha roubar o que foi plantado neste congresso, clamou.

Após, o Diante do Trono ministrou a canção “Ressuscitou” e, assim, foi encerrado o Congresso Internacional Adoração e Intercessão Diante do Trono.

Fotos: Quatel Design

:: Cristiane Soares

Deixe uma resposta