A Graça é de GRAÇA!

0
Quando
falamos da graça de Deus, muitos entendem por: “Agora posso fazer tudo o que
quiser, estou na graça, em Deus há perdão e misericórdia, há graça.” Mas não é
bem assim que devemos pensar, não…
A liberdade
que nos envolve, conquistada pela graça (favor imerecido) não quer dizer:
liberalidade.
O Apostolo
Paulo nos diz sobre isso em 1 Coríntios 6:12:
“’Tudo me é permitido’,
mas nem tudo convém. ‘Tudo me é permitido’, mas eu não deixarei que nada domine.”
Digo isso sobre a questão de acharmos que podemos pecar, “pintar
o 7” e que está tudo bem pois temos o favor de Deus em nós. Querido, tome
cuidado! Você tem o poder de escolher o que é bom ou o que é mau. Mas… Não é
melhor permitir-se ser guiado pela vontade de Deus? Pelas escolhas que te
aproximam dEle?
Certamente, se você errar, Ele te perdoará, afinal, Ele não
guarda rancor, Ele é piedoso, gracioso, tardio em ira-se, grande em
benignidade, mas pense… Deus é nosso Pai. Que pai gosta de ver o filho
aprontando sendo que ele já lhe deixou todas as instruções necessárias para que
o filho o obedeça, não erre e não sofra lá na frente? Nossas escolhas
determinam todo o nosso futuro. Em Provérbios 4:18-27 temos um ensinamento
sobre isso:
“A vereda do justo é como a
luz da alvorada, que brilha cada vez mais até à plena claridade do dia.


Mas o
caminho dos ímpios é como densas trevas; nem sequer sabem em que tropeçam.

Meu
filho, escute o que lhe digo; preste atenção às minhas palavras.

Nunca as
perca de vista; guarde-as no fundo do coração,

pois são
vida para quem as encontra e saúde para todo o seu ser.

Acima de
tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida.

Afaste da
sua boca as palavras perversas; fique longe dos seus lábios a maldade.

Olhe
sempre para a frente, mantenha o olhar fixo no que está adiante de você.

Veja bem
por onde anda, e os seus passos serão seguros.

Não se
desvie nem para a direita nem para a esquerda; afaste os seus pés da maldade.
É claro que não conseguiremos seguir 100% as instruções de
Deus e até dos maiores que nós (pais, pastores, líderes, etc), porém,
precisamos entender que, a graça nos alcança, independente do que fizermos, mas
ela também nos transforma!
A graça nos livra de nós mesmos… A graça é usada em seu
sentido literal da palavra, para nos provar que por nós mesmos não conseguimos
nada e precisamos da ajuda do Pai. Se você a
Se você não consegue vencer em algo, a graça do Senhor se
manifesta em você e isso já é o bastante! Deus gosta de mimar Seus filhos: Ele
mima com Sua presença, cuidado, Seu amor, Seu perdão… Guarde em seu coração
as palavras e instruções do Senhor. Faça valer sobre você a graça do Pai em
momentos de entrega, em momentos de reconhecimento que sem Ele você não pode, não
dá, você não consegue.
É
difícil mesmo controlar nossos desejos… Somos imediatistas, impulsivos,
custamos a crer que o que DEUS tem é o melhor e não o que nós temos, custamos a
aceitar a vontade do Pai, custamos a deixá-Lo agir em nós.
“Porque a graça de Deus se
manifestou salvadora a todos os homens.”
Tito 2:11
Hoje
enxergo a graça como algo sublime, algo que eu realmente não mereço, algo que
me atrai, que me constrange, e algo que me muda a cada dia. Enxergo a graça
como a forma que Deus me alcança, com amor. A graça nos liga a Ele. Nos permite
ser livre de uma lei que nos condenava, assombrava, nos deixava temeroso. A
graça nos salva. A graça é uma atitude que só Deus poderia ter…
Nós
não merecemos e nunca, nunca mereceremos tamanho favor… Mas já que Ele nos
escolheu e escolheu revelar a nós o mistério desta graça, escolheu falar
abertamente conosco sobre o que é Dele, sobre o céu… Vamos viver esta graça!
Não da forma que nos favoreça, pois a graça por si só já nos favorece. Mas da
forma que nos guie, nos molde, nos constranja, nos envolva, nos perdoe e nos
abrace.
“E, se é pela graça, já não é
mais pelas obras; se fosse, a graça já não seria graça.”
A
graça é de graça! Este é um outro tópico do texto…
Quantos
acham que precisam pagar um preço, precisam fazer para merecer… Gente, para!
Jesus
Cristo já se entregou, já foi afrontado, já derramou seu precioso sangue por
amor a você! O sangue derramado fez o véu rasgar, a cédula foi paga, acabou
nossa dívida: A GRAÇA É DE GRAÇA! Não precisamos pagar o preço e repito, nem
fazer por merecer…
“Quando vocês estavam mortos em
pecados e na incircuncisão da sua carne, Deus os vivificou juntamente com
Cristo. Ele nos perdoou todas as transgressões,


e
cancelou a escrita de dívida, que consistia em ordenanças, e que nos era
contrária. Ele a removeu, pregando-a na cruz,”


Colossenses 2:13-14
“Em amor nos predestinou para
sermos adotados como filhos por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito
da sua vontade,


para o
louvor da sua gloriosa graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado.

Nele
temos a redenção por meio de seu sangue, o perdão dos pecados, de acordo com as
riquezas da graça de Deus,

a qual
ele derramou sobre nós com toda a sabedoria e entendimento.

E nos
revelou o mistério da sua vontade, de acordo com o seu bom propósito que ele
estabeleceu em Cristo,

isto é,
de fazer convergir em Cristo todas as coisas, celestiais ou terrenas, na
dispensação da plenitude dos tempos.”


Efésios 1:5-10
Poderia
citar muitos versículos aqui, pois a Bíblia está recheada de versículos que nos
mostram sobre o que é a graça, mas deixo para meditação de vocês estes e
incentivo que ao abrir a Bíblia, lembre de procurar e ler sobre a maravilhosa
graça de Deus!
Graça
não gera custo, graça gera vida!
Juliana Machado
Colunista e Repórter 

Deixe uma resposta