Graça Editorial lança livro sobre a história dos maiores homens e mulheres da Bíblia

0

“De Adão a Jesus”, obra de Jim George, aborda as lições de vida dos grandes servos que deixaram exemplos de fé, perseverança e comunhão com Deus  

Com o objetivo de resgatar a história dos principais personagens bíblicos e revelar como elas podem ser poderosas e importantes no presente, a Graça Editorial apresenta o livro “De Adão a Jesus: lições de vida dos maiores servos de Deus”, do renomado escritor Jim George.

Em 50 resumos bibliográficos, distribuídos em 264 páginas de uma literatura inspiradora, George mostra uma visão geral da vida de cada personalidade bíblica, abordando seus desafios, eventos, experiências e a forma como Deus trabalhou por meio deles.

O autor ainda destaca as principais qualidades do caráter de cada um, as lições deixadas para a vida cotidiana e os passos que, hoje, podem ser dados em direção ao crescimento espiritual.

Nesta obra, os leitores poderão perceber que a vida de grandes homens e mulheres são ilustrações da verdade de que Deus tem prazer em fazer obras grandiosas por intermédio de pessoas comuns – inclusive você.

Por ser uma ferramenta informativa, prática e de referência rápida, o livro é indicado para auxiliar o estudo da Bíblia, seja de forma individual, ou em pequenos grupos e turmas de escola dominical.  

“De Adão a Jesus” é o primeiro livro de Jim George pela Graça Editorial. Palestrante cristão, autor de 12 best-sellers e de livros indicados ao prêmio americano Gold Medallion (Medalhão de Ouro) e da série The Bare Bones Bible (A Bíblia de Base), George cursou dois mestrados no Talbot Theological Seminary (Seminário Teológico de Talbot), atuou em várias funções pastorais por 25 anos e, por 10, esteve na equipe do The Master’s Seminary (Seminário de Mestres). É casado com Elizabeth George, também autora de best-sellers e palestrante cristã, tem duas filhas casadas e é avô.

Autor: Jim George

Páginas: 264

Formato: 16 x 23 cm

ISBN: 978-85-73439304

Fonte: Comunicação Graça Editorial

Deixe uma resposta