III CongressoMulheresDT: “Olhando no espelho – A mulher e o mundo” é tema da tarde do terceiro dia do Congresso

0

A tarde do terceiro dia do Congresso de Mulheres Diante do Trono foi aberta por Helena Tannure que premiou uma caravana que veio de Curitiba com 500 pessoas, a maior caravana. Logo em seguida foi passado um vídeo sobre moda, de Susan Dutra e Morgana Linhares.

O louvor foi conduzido por Ana Nóbrega que cantou a primeira canção “Por que estás comigo”. “Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum porque Tu estás comigo”, declarou Nóbrega juntamente com as congressistas. Ana Nóbrega cantou “Nada temerei”, “Glória”, “Bendiga ao Senhor”, dentre outras músicas. No meio de sua participação, Ana agradeceu ao seu esposo pelos anos de casamento e por realizarem os sonhos juntos. Ainda louvou ao Senhor junto com Ana Paula Valadão a canção “Pra te adorar”. Deitada em um sofá que foi colocado no palco Ana Nóbrega cantou “Lindo” do Ministério de Louvor Diante do Trono. Ana disse que muitas mulheres estão precisando liberar o perdão para que seus lares seja transformados, e cantou a música “O Perdão” que ela canta com a Pra. Ludmila Ferber.

Ministração

Simea Meldrum começou elogiando o Congresso e dizendo que ela já tinha recebido muito do Senhor nesses dias. Simea contou seu testemunho desde que era pequena até as dificuldades do início do seu ministério, principalmente por ser uma pastora. O tema da mensagem dessa tarde foi “Olhando no espelho – A mulher e o mundo”. “Precisamos ser espelho de Deus em nossa comunidade, emprego e etc., mas é preciso deixar Deus agir em nós”, diz Simea. “A gente quer fazer o que Deus faz. Ele vai na frente e a gente atrás”, completa.

Simea contou que um dia precisou liderar um culto em um lixão em Olinda, mas quando ela chegou e só via lixo e fumaça, queria desistir de pregar a palavra, mas Deus usou um homem embriagado para falar com ela que aquele que era o lugar onde ela devia ficar. Ela disse ainda que dizia assim: “Entrei de gaiato nesse navio”. Mas durante muito tempo ela levava cestas básicas para as pessoas e ajudou a reconstruir aquele lixão.

Segundo Simea, quando Deus age, as coisas mudam. Depois de algum tempo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) fez uma campanha que tinha como tema “Criança fora do Lixo”. Então começou a mudar a situação daquele local. Meldrum passou um vídeo onde conta e mostra testemunhos de pessoas que tiveram suas vidas transformadas através da missão que é feita naquele local. Há 20 anos Simea trabalha com essa comunidade que tem uma população de 25 mil pessoas e fica em torno desse lixão.

Após o vídeo Simea disse que a vontade dela é fazer o nome de Jesus grande, e para isso é preciso ser espelho. “Jesus desenfeitou Sua glória para se tornar como nós”, diz Meldrum. Ela continua, dizendo que cada uma das congressistas representa o Brasil e que Deus quer transformar esse país. Diante dessa palavra ela convidou as mulheres para irem a frente para receber a benção de Deus, para executarem e serem instrumentos do Senhor.

Em seguida a Pra. Ezenete Rodrigues disse que era um momento de arrependimento, porque muitas vezes as pessoas passam por um mendigo na rua e nem se quer se compadessem. Ezenete convidou as mulheres para orarem de joelhos, em sinal de humilhação. “Nós te pedimos perdão pelas muitas vezes que o Senhor bateu em nossa porta, mas estávamos muito ocupados com outras coisas”, clama a Pra. Ezenete.

A tarde terminou com um clamor profético comandado pela Pra. Ezenete e Ana Paula Valadão, repetindo várias vezes: “Prosperidade do Senhor, ente no nosso Brasil”.

Junio Santos

Deixe uma resposta