Tami Acree firmou o propósito de orar pelo seu futuro marido antes mesmo de conhecê-lo e teve uma surpresa inesquecível no dia de seu casamento.

Como muitos cristãos solteiros que buscam saber mais sobre quem Deus escolheu para ser seu companheiro(a) de uma vida inteira, Tami Acree compartilhou sua bela história de amor, que começou há sete anos com a simples compra de gravata.

“Quando eu era uma estudante do segundo ano na faculdade, fui desafiada a comprar uma gravata e pendurá-la em meu quarto para me lembrar de orar pelo meu futuro marido”, contou Acree.

O propósito de orar pelo seu futuro marido – mesmo antes de conhecê-lo – durou sete anos e ela disse que aquela gravata era como um lembrete para não passar um dia sem pedir a Deus pela vida de seu cônjuge.

“Durante 7 anos, a gravata ficou pendurada na minha cama ou no meu espelho e, por mais vezes do que posso contar, isso me levou a orar para que Deus desse encorajamento, maturidade e desenvolvesse espiritualmente meu futuro marido, para que ele um dia viesse a ser o homem de Deus que eu desejava”, acrescentou.

Mesmo depois que começou a namorar o jovem Caleb, Tami não deixou de orar pelo seu futuro marido – o qual agora ela já conseguia visualizar de forma mais clara.

Seu namoro se solidificou, o casal noivou, firmando o compromisso de um casamento e um dia antes da cerimônia, Tami olhou para a gravata, que acabou ganhando tanto significado em sua vida.

“Na noite antes do nosso casamento, eu estava com minhas amigas e fomos dar a gravata a ele. Então percebemos que ela era azul marinho, cinza e rosa. As três cores do nosso casamento”, contou a moça, explicando que a escolha da decoração de sua festa não tinha sido influenciada pelas cores do adereço.

“[Deus] sabia antes mesmo de eu ter comprado aquela gravata há 7 anos, que Caleb era o homem pelo qual eu estava orando e Ele o orquestrou tudo em Seu tempo perfeito!”, testemunhou.


A grande surpresa
Mas as surpresas não se limitavam à semelhança das cores da gravata com a decoração da festa do casamento. Tami deu a gravata a Caleb, mas não esperava que ele estivesse preparando algo especial para sua amada.

“Eu não pedi que Caleb usasse a gravata. Eu simplesmente a dei para ele, da maneira que eu sempre quis fazer [quando fosse me casar]”, completou.

Mas ao entrar na igreja e caminha para o altar, Tami viveu um momento inesquecível: avistou seu noivo usando a gravata que ela tinha dado a ele na noite anterior e que foi símbolo de suas orações pelo futuro marido.

“Enquanto eu estava andando em direção a ele na igreja, uma das coisas que eu sempre me lembrarei é ver Caleb usando a gravata que dei a ele uma noite antes de nosso casamento”, disse ela, em um relato que ela mesma escreveu para a página ‘Love What Matters’ (“ame o que é importante”, em tradução livre) no Instagram e Facebook.

  • Show Comments (0)

Deixe uma resposta

You May Also Like

Bárbara Amorim – Mais Uma Vez

Barbara Amorim começou no gospel no ano de 2008 onde foi convidada a integrar ...

Vanilda Bordieri interpreta canção autoral inédita em live session

Compositora de sucessos do segmento pentecostal apresenta novo projeto com o selo Musile Records ...