Mariana Valadão explica sua mudança para o RJ

1

A caçula da família Valadão não mora mais na capital mineira. Mariana e sua família agora estão morando em Niterói, no Rio de Janeiro, uma decisão tomada depois de dois anos de oração.

Por meio de sua fan page no Facebook, a cantora explicou os motivos que fizeram com que ela e seu esposo, o pastor Felippe Valadão, aceitassem essa mudança.

“Há algumas coisas que para a gente crescer doem e vimos a necessidade que existe na cidade de Niterói com tantos jovens perdidos e a maioria dos amigos do meu esposo estão desviados. A família do Felippe é de Niterói e Deus nos trouxe também para cuidar da família dele.”

Mariana nasceu e cresceu em Minas Gerais, onde está localizada a Igreja Batista da Lagoinha, liderada por seu pai. A distância da família não deve atrapalhar os trabalhos ministeriais da cantora. ” Apesar da dor em sair de perto da família em Belo Horizonte, estamos confiantes na decisão que tomamos”, escreveu.

Junto com a mudança de cidade, Mariana Valadão também vive uma mudança em sua carreira, neste mês de maio ela assinou contrato com a Sony Music e anunciou que está preparando um novo CD.

Leia a mensagem na íntegra:

Muitos estão perguntando sobre o por quê temos dito que mamãe Renata tem passado uns dias conosco. Agora moramos na cidade Niterói, no Rio de Janeiro. Apesar da dor em sair de perto da família em Belo

Horizonte, estamos confiantes na decisão que tomamos.

Tem dois anos que eu e o Felippe Valadão estamos orando para tomar essa decisão. Há algumas coisas que para a gente crescer doem e vimos a necessidade que existe na cidade de Niterói com tantos jovens perdidos e a maioria dos amigos do meu esposo estão desviados. A família do Felippe é de Niterói e Deus nos trouxe também para cuidar da família dele.

O Espírito Santo nos dirige em todas as coisas. Há cinco anos eu tive o desafio de começar a gravar meu primeiro CD na sala de casa onde as portas se abriram e tive paz em meu coração de iniciar uma carreira solo. Deus disse que o CD ia chegar onde os meus pés não iriam. O Maurício (Soares, diretor artístico da minha atual gravadora, Sony Music Gospel) trabalhava na Graça Music e as portas se abriram. Foi um tempo muito especial do qual eu não me arrependo. Se eu cheguei até aqui foi por onde eu passei e Deus usou pessoas para que eu estivesse aqui, como eu já disse pra vocês

Fonte: Gospel Prime

1 Comentário

Deixe uma resposta