Metas para 2018

Por que as metas não saem do papel? Por que tudo dá errado? Como mudar?

Estas frases são comuns ao iniciar um novo ano. Pensamos, uau, terei 365 novos dias para finalmente alcançar minhas metas e sonhos. E até tentamos… são planners, agendas, lembretes no celular, alarmes, apps de produtividade em uma busca incessante por mudança. A lista é grande: filhos, casamento, faculdade, igreja, família, economizar, emagrecer, estudar, ler mais, completar o cronograma anual de leitura bíblica e encontrar tempo para viver e amar etc. Mas como priorizar isso tudo? Como organizar?

Depois das primeiras semanas ficamos tendenciosas a ir desistindo de cada uma delas e sermos engolidas pela rotina com o habitual “vou fazer o que der pra fazer” e assim o ano vai passando. Já parou pra pensar quantas vezes na vida fizemos planos e nunca fomos adiante? Melhor nem pensar não é, bate uma frustração. Não quero desmotivar você a tentar mais uma vez, pelo contrário, quero motiva-la da forma certa.

Somos tão limitadas enquanto seres humanos que não conseguimos abraçar tudo em sua totalidade, sempre deixaremos a desejar em algo. Então não podemos tentar? Sim, podemos e devemos!

Os nossos sonhos e planos são peças que nos movem e nos direcionam a objetivos de vida, porém a base não deve estar em nossas forças. Eles devem ser alicerçados no único que é perfeito e pode organizar o caos do nosso mau gerenciamento de tempo, Deus! Ele em Sua onipotência, onipresença e onisciência efetua em nós o Seu querer a ponto de nos sentirmos completas como se todas as peças do quebra-cabeça chamado vida se encaixassem. A Sua vontade é boa, perfeita e agradável (Romanos 12:2).

Então por que não entregamos todo o nosso tempo nas mãos de Deus e esperamos a surpresa que Ele proporcionará? Ele sabe quais pensamentos tem sobre nós, pensamentos de paz e não de mal, fazendo mais do que pedimos e pensamos (Jeremias 29:11 e Efésios 3: 20-21).

O meu desejo é que possamos entregar a Deus o nosso tempo, os sonhos e metas, pois Ele nos direcionará em seu amor, ajustará as prioridades e nos sustentará na hora que o fardo estiver pesado (Mateus 11: 28 – 30).

Mesmo que o desejado não saia do papel, quando olharmos para 2018 não ficaremos desmotivadas, pois saberemos que a Sua vontade foi realizada em nós e que há um tempo para todas as coisas (Eclesiastes 3). Afinal, fazemos muitos planos mas a resposta certa vem do Senhor.

Medite em Provérbios 16 e tenha um ano abençoado na dispensação do Pai.

Até a próxima.

  • Show Comments (0)

Deixe uma resposta

You May Also Like

Não se turbe o vosso coração. De Jesus, para você.

Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na ...

CONFERÊNCIA MISSIONÁRIA PARA APOIO AO SERTÃO NORDESTINO ACONTECE EM BRASÍLIA

Ministério Declararei realiza sétima edição da Conferência Solidarius Nos dias 14 e 15 de ...

Epafrodito – homem de nome e atitude incomum

Hoje eu quero falar pra você um pouco sobre um homem de nome incomum, ...