O que acontece quando o milagre não vem?

Sabemos que pode acontecer, sabemos que a resposta pode ser “não”, sabemos que o “vai ficar tudo bem” pode não vir. E então, qual é nossa posição quando isso acontece?

Amaldiçoamos os céus ou ainda levantamos nossas mãos em adoração? Damos graças por tudo ou nos igualamos ao povo do deserto que sempre achava uma desculpa pra fazer mais um ídolo pra adorar?

Pense nisso. O povo do deserto era como você e eu, suscetível ao erro, ao engano, à desesperança. Muitos nasceram ali e nunca conheceram outra realidade. Como seria fácil pra eles acreditarem que o milagre chegaria? E para nós? Vivemos rodeados de notícias sobre morte, países em guerra, doenças sérias sem nenhum tratamento efetivo, mulheres sendo agredidas, crianças sendo violentadas. O mundo está um caos, e muitas vezes esse caos também é visto perto de nós, dentro da nossa casa, nas nossas dificuldades e limitações.

O que acontece com a gente se o milagre não vir? Como reagiremos se as guerras não cessarem e nossas orações não forem atendidas como desejamos? Faremos como Habacuque e diremos a Deus: “ainda que a figueira não floresça e a videira não dê o seu fruto, eu me alegrarei em ti”? Seremos os que permanecem em Deus mesmo que sejamos os próximos a receber uma notícia ruim, mesmo que sejamos os próximos a enfrentar o luto? O que nós fazemos quando a resposta de Deus para nós é um enfático “não”? Até onde vai nossa fé? Ela continua em nós, inabalável em meio a tudo que venha nos abalar ou termina onde começa a vontade de Deus?

Nem sempre teremos as boas coisas acontecendo, nem sempre o que definimos como bom será a definição de bondade de Deus, nem sempre Ele impedirá tragédias. E então, essa será a hora em que teremos que decidir dizer o “sim” mais importante. O “sim” para o que Ele quer e permite, o “sim” para a adoração em todas as circunstâncias, o “sim” para o amor a Deus apesar de toda dor.

O nosso “sim” pode mudar a história. O “não” de Deus também. Ele sabe o que faz e o que permite. Ele sabe. E por isso, devemos descansar em Sua soberania. Que nós sejamos um povo que teme a Deus e O ama acima de tudo, um povo que confia no amor Dele e não quer o controle pra si, o povo que busca por dias melhores mas que vive os dias ruins com sabedoria. Deus é Deus em todo tempo. Deixe Ele ser quem é na tua vida. Não há arrependimentos nessa escolha. Não há!

Descanse Nele, e tenha um ótimo dia (todos os dias)!

Tags:

  • Apaixonada por cartas escritas à mão e pela beleza da simplicidade. Alguém que descobriu seu maior amor e vive por Ele, pensando Nele em tudo o que faz. Uma menina de 23 anos, decidida a sonhar grande, amar muito e escrever sobre Seu amor para a maior quantidade de pessoas possível enquanto viver.

  • Show Comments (0)

Deixe uma resposta

You May Also Like

A elegância da rainha Esther

Olá, hoje vamos refletir sobre a elegância da rainha Ester. O que podemos aprender ...

Quando a ansiedade bateu à porta – A história de Laura (Parte 2)

E segue Laura tentando desvendar seu interior… Como está sendo difícil! A ausência de ...