Precisamos combater a cultura idólatra dentro da igreja, diz Rodolfo

3

 O cantor Rodolfo Abrantes esteve participando do Confrajovem 2013, congresso de jovens da Igreja Batista da Lagoinha, que aconteceu na última semana. Ao ministrar a música “Nível raso” o roqueiro, que também é pastor, parou a música para dar uma mensagem criticando a idolatria a cantores e pastores evangélicos.

Rodolfo começou falando das manifestações que aconteceram pelo Brasil dizendo que antes de tentarmos acabar com a injustiça temos que nos questionar se somos pessoas justas.

Em seguida ele direcionou o recado para a igreja dizendo: “Se nós queremos arrancar completamente a idolatria deste país, nós primeiro precisamos olhar para dentro de nós, sondar o nosso coração”, afirmou.

Na visão de Rodolfo a cultura idólatra dentro da igreja evangélica precisa ser arrancada. “Todas as vezes que você idolatra um servo ou uma serva de Deus que sobe no altar, você está declarando que Jesus Cristo está em segundo lugar”.

A ministração continuou pedindo para que os presentes levantassem um clamor pelo fim da cultura gospel, pelo fim dos artistas gospel, pelo fim do mercado gospel e pelo fim dos fãs gospel. Rodolfo ainda pediu para que os fiéis pedissem perdão ao Senhor por termos praticados essa idolatria.

O cantor tem adotado uma postura contrária a de muitos outros artistas evangélicos, ele escolheu não fazer parte de uma gravadora e tem lançado seus CDs de forma independente. Outra atitude do ex-vocalista da banda Raimundos foi diminuir a estrutura dos shows viajando com um grupo menor de músicos.

Assista:

Fonte: Gospel Prime

3 Comentários

  1. Concordo. A igreja somos nós, não são os templos criados por mãos de homens. Quando a igreja assume uma posição idólatra, narcizista e corrupta, o Noivo perde o lugar em seu coração. Precisamos assumir uma posição exemplar, sem estrelismos e "gospel idolatria".

Deixe uma resposta