Pregador Luo é visto como muso inspirador do MMA por suas composições

0

Em matéria publicada na Uol, Pregador Luo é descrito como uma espécie de ‘muso inspirador’ no mundo do MMA.

O título não é por acaso, afinal, as músicas com letras que inspiram para a batalha não são poucas.

Além disso, Luo também já fez diversas composições específicas, como para Anderson Silva, por exemplo. Também já ganharam canções Wanderlei Silva, Pedro Rizzo, Vitor Belfort e Lyoto Machida, entre outros.

O projeto de músicas para o MMA surgiu em 2008 com o álbum “Música de Guerra – 1ª Missão”. O problema que incomoda o rapper é que o UFC vetou que lutadores entrem no octógono com músicas próprias.

No envolvimento com o MMA, Luo conheceu algumas figuras famosas como Vitor Belfort. “Nós tínhamos uma assessoria em comum, e ele falou que treinava com as minhas músicas. Fui treinar com ele, como hobby e nessas ele me pediu em 2003 ou 2004 para fazer uma música para ele entrar em uma luta”, conta.

“Um dia me ligou o Lyoto pedindo uma música. E eu fiz. Depois me ligou o Pedro Rizzo e com o tempo eu compus o ‘Música de Guerra’”, explica o rapper.

“A música que ele fez para mim é irada”, diz Wanderlei Silva, ex-campeão do Pride. “Ele tem uma postura e uma atitude que me fizeram ser fã. Eu me lembro de um companheiro de treino americano que nem entendia a música, mas sentia a coisa boa. Essa mensagem de superação é importante como motivador.”

O veto das músicas no UFC deixou o cantor chateado, pois não as fez para lucrar com o MMA e sim para motivar os atletas. “Pode ser que faça outro disco no futuro, mas isso me deixou chateado”, desabafa.

Fonte: Guia-me

Deixe uma resposta