Saiba como foi: Evento com Thalles Roberto na Danceteria na cidade de São Paulo

0

No dia 21 de Janeiro, em plena segunda-feira, o cantor Thalles Roberto fez uma apresentação na Danceteria Nitro Night em São Paulo (SP).

O evento foi aberto e dirigido pela Igreja Missão Mundial Graça e Paz, do Apostolo Paulo Moura. A nuvem de adoração era real, antes mesmo do cantor e pastor Thalles entrar.

Thalles fez um show onde cantou músicas de seu primeiro CD, Sala do Pai, entre elas, as músicas: “Deus da Força”, “Ele é Contigo”, “Arde Outra Vez”, e também músicas de seu CD Uma História escrita pelo Dedo de Deus, como: “Me Faz Viver”, “Deus me Ama”, “Eu escolho Deus”, “Oh meu Irmãozinho”, entre outras…

O público participou ativamente das 2 horas de show, cantando, dançando, e até cantando espontaneamente sucessos do cantor em suas saídas do palco. Thalles foi até aquele lugar não só como cantor, mas como Pastor, e liberou uma unção especial sobre quem estava ali naquela Danceteria. O cantor repetia toda hora o fato de ser segunda-feira e aquele lugar estar lotado, completamente lotado de jovens, adultos, crianças, que não pararam um minuto sequer a adoração a Deus.

Ele pregou sobre o sucesso. Ele deu o seu exemplo para os presentes… Disse que, quando começou a fazer sucesso, ele orou e disse: “Deus… E se eu ficar famoso, e perder a unção? E se eu ficar famoso, e perder a graça? Eu não quero ser famoso.” E Deus o respondeu que ele precisava ser famoso, mas com o foco de atrair multidões a ele, com o foco de ser instrumento nas mãos dEle! Ele ministrou a todos com estas palavras, e, enfatizou que, mesmo que formos famosos, ou conhecidos naquilo que fazemos, devemos dar a glória a Deus e nos permitir sermos usados por Ele para que as vidas venham a Ele!

Thalles orou liberando a unção sobre todos, louvou mais um pouco e encerrou o evento.

O evento encerrou-se aproximadamente ás 23h30, e sair do local era difícil, devido a grande multidão que estava no Nitro Night naquele dia…

Por Juh Machado

Redação NotíciasDT

Deixe uma resposta