Sem vontade de buscar a Deus

Essa semana tive uma experiência muito interessante com Deus. Eu havia ouvido Dele no dia anterior que estava sendo bem cuidada e guardada nos meus problemas, mas acordei naquele dia com um desânimo fora do comum.

Estava num dia em que não sentia vontade de absolutamente nada, não queria fazer minhas tarefas diárias em casa, mas mais do que isso, eu não estava a fim de adorar a Deus, de cantar pra Ele como normalmente faço no meu devocional, de ler, de nada (claro que não sinto orgulho de contar isso para alguém, mas calma que logo isso vai fazer sentido).

O mais estranho é que interiormente eu sentia a necessidade de fazer aquilo, continuava amando a Deus, continuava entendendo a importância do meu tempo com Ele, continuava totalmente consciente do quanto adorar a Ele não tem relação com o que recebo Dele ou não. Mas sim, o sentimento permanecia. Foi como se um cansaço real de todas as dificuldades me abatesse de uma vez.

Porém, durante o dia todo fiquei lutando comigo mesma, com cada pensamento sem sentido, e intencionalmente fiquei cantando uma música que gosto que fala sobre permanecer com as mãos erguidas enquanto o vento sopra, enquanto a tempestade está a todo vapor, e etc. Cantei para minha alma entender aquela verdade, e de certa forma não aceitei ou me conformei em sentir aquilo.

O dia terminou, e mesmo depois de ler a bíblia e orar, continuei me sentindo estranha e desanimada. No dia seguinte, logo pela manhã tive meu devocional e as coisas mudaram bastante. Foi como se pudesse sentir a vontade de estar com Ele e o adorar voltando aos poucos, à medida que orava e cantava outra canção (essa, chamada ‘Not today’ do Hillsong United) que diz: “Eu cantarei de noite até o amanhecer/ eu cantarei até o medo se render ao Teu louvor/ eu cantarei com minha alma em Tua presença/ e sempre que eu disser Teu nome/que o diabo saiba que hoje não”.

Foi simples, foi bom, foi diferente. E o que quero dizer com todo esse relato de um dia da minha vida é que até mesmo tua vontade de buscar a Deus, vem Dele. Portanto, não pare. Se estiver nesse dia de desânimo, continue. Se estiver numa temporada de cansaço, continue. Mas continue Nele. Permanecer com as mãos erguidas em meio ao mar agitado, e dizendo para o diabo que hoje não é o dia em que ele vai te vencer não é tarefa fácil. Mas você só consegue fazer tal coisa se continuar confiando e amando a Deus, se não parar de adorar mesmo quando não sentir vontade, se não deixar de professar as grandezas Dele, se não deixar de usar Sua boca para declarar a verdade que um dia te salvou.

É assim que a vontade vem, quando você permanece mesmo sem vontade. Quando você continua mesmo acreditando que já não tem mais forças para enfrentar o mal. No caso, você ainda tem! A força está em você porque você está Nele. Não pare, apenas permaneça!

  • Apaixonada por cartas escritas à mão e pela beleza da simplicidade. Alguém que descobriu seu maior amor e vive por Ele, pensando Nele em tudo o que faz. Uma menina de 23 anos, decidida a sonhar grande, amar muito e escrever sobre Seu amor para a maior quantidade de pessoas possível enquanto viver.

  • Show Comments (0)

Deixe uma resposta

You May Also Like

Moda na igreja, pode?

Em tempos virtuais é cada vez mais comum blogs, sites e perfis que publicam, ...

E criou Deus a mulher…

No dia 8 de março de 1910, em uma conferência realizada na Dinamarca foi ...

O posicionamento correto nos livra da dor!

Imagine que uma pessoa tenha passado uma grande parte do dia sentada numa cadeira ...