Spotify inaugura Casa de Música Escuta as Minas em São Paulo


Focada em ser um lugar para mulheres aprenderem, criarem e compartilharem experiências, casa terá também workshops e eventos para mulheres em início de carreira no mundo da música
  24 singles serão gravados por 24 artistas mulheres diferentes Casa está localizada na zona oeste de São Paulo e reúne apenas mulheres, desde produtoras de áudio, até engenheiras de som, desde cantoras até multi instrumentistas e facilitadoras de workshop

Por mais mulheres na música e por mais mulheres sendo ouvidas, o Spotify está inaugurando a Casa de Música Escuta as Minas. Se em 2018 celebramos a busca feminina por igualdade de gênero ao lado de Elza Soares, Mart’nália, Karol Conká, Maiara & Maraisa, MULAMBA, As Bahias e a Cozinha Mineira, Tiê e Lan Lahn, em 2019 estamos indo mais adiante com uma Casa de Música feita por mulheres e para mulheres. Essas mulheres selecionadas – com carreira em ascensão – irão criar, produzir e gravar músicas dentro da própria casa, que conta com estúdio completo, sala de mixagem, espaço para workshops, eventos e audições. 

A Casa de Música Escuta as Minas ficará “viva” em São Paulo por 6 meses. Localizada na zona oeste da capital paulista, será um espaço aberto para que essas artistas em início de carreira possam aproveitar de uma estrutura completa de estúdio, gravando singles ao lado de profissionais experientes, como Lahn Lahn, Mahmundi, Florência Akamine (mixagem e masterização), Bia Paiva (técnica de som); Lilla Stip (engenheira de som); Allyne Cassini (engenheira de som), entre outros grandes nomes da música nacional. 

Além de conviver umas com as outras, essas mulheres também terão a oportunidade de fazer parte de todo um ambiente de aprendizado dentro da casa, com participação de workshops, eventos, shows, rodas de debate, entre outras ativações. 

Essas cantoras e bandas formadas 100% por mulheres vão representar os mais variados gêneros musicais como funk, sertanejo, gospel, pop, rock, hip hop, e também terão a oportunidade de se conectar com algumas artistas já renomadas que participarão do projeto como “madrinhas”. Negra Li, Priscilla Alcântara, MC Pocahontas e Maiara & Maraísa estão envolvidas no projeto e estarão disponíveis para conversas com as mulheres selecionadas. 

As 12 primeiras… 

Inicialmente o Spotify selecionou 12 artistas dos mais diferentes gêneros para entrarem na casa e passarem por essa experiência. Elas são mulheres com a carreira em ascensão e com músicas originais (não covers), além de possuírem os mesmos objetivos: mostrar seu talento, criar e se conectar. 

Veja quem são essas mulheres:

1LUM3

Ni Munhoz

Barbara Amorim

LUDI

Bibi Caetano

Souto MC

Marujos

Urias

Nina Oliveira

Samantha Machado

The Monic

Luana Marques 

Em setembro o Spotify abrirá inscrições para outras 12 mulheres entrarem na casa. Essas novas selecionadas passarão pela mesma experiência das anteriores, gravando músicas e participando dos eventos e ativações que acontecerão no local. As 12 novas artistas serão escolhidas por um time de respeito e que já faz a diferença há muito tempo no mundo da música. Monique Dardenne, Camila Garógalo, Bia Rizzini, Letícia Tomás, Flavia Biggs e a equipe do Spotify farão a seleção das inscritas.  

  • Jornalista por formação, serva, filha, uma mulher comprometida com o Reino de Deus e as verdades do céu.

  • Show Comments (0)

Deixe uma resposta

You May Also Like

UMCG participa da Expo Evangélica com veteranos e novatos no palco do evento

A Universal Music Christian Group participa de mais uma Expo Evangélica, que neste ano ...

E criou Deus a mulher…

No dia 8 de março de 1910, em uma conferência realizada na Dinamarca foi ...

Deus deseja filhos relevantes

“Somos relevantes quando nos tornamos aquilo pelo que o mundo anseia. Quando nós, o ...