UM Digital apresenta cinco lançamentos

0
A Um Digital traz para o público um banquete de novidades nesta semana. A agência vai disponibilizar para o público, a partir desta sexta-feira, 25 de julho, cinco novos álbuns através do Itunes. O cast da Um Digital não para de crescer. Os artistas veem na agência a segurança e experiência que precisam para encarar o mercado. Artistas novos ou já estabelecidos no mercado podem se juntar ao cast da agência e, em ambos os casos, a UM será responsável pela distribuição, download e streaming por meio das lojas digitais e operadoras de celular que mantêm acordo com a empresa.
Desta vez, o público vai poder conferir: A Virada de Fernando Cester, Me fez livre de Brunno Velasco, Eu ainda posso sonhar de Nova Atittude e Quem vai subir na árvore? de Gustavao Esquivel.
Fernando Cester – CD/DVD A Virada
Ele traz o melhor do rock com o novo álbum “A virada – Ao vivo”. Conhecido pela forma intensa de trazer a música para o público, Fernando chega com um trabalho especial que reúne sucessos e mais um bônus-track com duas músicas inéditas gravadas em São Paulo.
Brunno Velasco – Me Fez Livre
“Me Fez Livre” tem produção de Alex Vieira e traz composições inéditas de Davi Sacer, Davi Fernandes, Tony Ricardo e do próprio Brunno Velasco. Além disso, o disco conta com a participação especial do cantor e músico Asaph Borba na regravação da música Eis-me aqui.
Nova Atittude – Eu Ainda Posso Sonhar
“Eu ainda posso sonhar” tem 15 canções com um perfil missionário onde, além da faixa-título, destacam-se as músicas Vou seguir, Muros da prisão e A viagem que se chama vida. O quarteto tem evangelizado através de músicas no melhor do estilo pop-rock que retratam temas atuais e desafios que os jovens enfrentam nesse mundo.
Gustavo Esquivel – Quem Vai Subir na Árvore?
“Quem vai subir na árvore?” chega com 11 faixas inéditas e autorais com destaque para a música Vá tirar suas dúvidas com o Google com uma letra bem irreverente que fala sobre a necessidade em se ouvir a voz de Deus em um som envolvente e dançante. Suas músicas trazem reflexão a respeito de fé, vida cristã, amor a Deus e ao próximo e falam de conflitos existenciais da trajetória humana em cada letra. Fazendo um rock “inovador”, o repertório reserva estilos variados com elementos eletrônicos ao som do rock e também em canções acústicas.
Redação: Janaína Mangerote

Deixe uma resposta